Publicado em 12/07/2019 às 21h40.

Câmara conclui votação da reforma da Previdência em primeiro turno

Proposta segue para segundo turno na comissão especial

Redação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

 

A proposta de reforma da Previdência foi aprovada, em primeiro turno, na Câmara dos Deputados na noite desta sexta-feira (12), com mais mudanças em relação ao texto apresentado pelo governo e uma economia projetada de R$ 900 bilhões em dez anos.

O projeto seguiu para comissão especial, onde precisa ser avalizado. A votação em segundo turno no plenário da Câmara será no dia 6 de agosto, segundo o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil). Depois, a PEC segue para o Senado.

Para abrir caminho para a análise do texto no plenário, a equipe econômica teve que ceder em algumas medidas apresentadas pelo ministro Paulo Guedes (Economia). O objetivo foi consolidar amplo apoio à restruturação das regras de aposentadoria e pensões.

Segundo a Folha de S. Paulo, dos oito destaques que restavam ser analisados nesta sexta, sete eram de partidos de esquerda (PT e PDT). Uma alteração apresentada pelo Solidariedade, sobre regra de transição, foi prejudicada, ou seja, não foi votada por causa da análise de texto anterior sobre o mesmo tema.

 

 

PUBLICIDADE