Publicado em 10/01/2019 às 15h21.

Com interesse em comandar SEC, PT ainda aguarda decisão de Rui

Governador está entre escolha técnica ou nomear deputado do próprio partido

Juliana Almirante
Foto: Divulgação/ PT
Foto: Divulgação/ PT

 

O governador Rui Costa (PT) ainda avalia se terá uma escolha técnica ou política para a Secretaria Estadual de Educação (SEC), atualmente comandada por Walter Pinheiro (sem partido). No entanto, o PT quer participar de qualquer uma das decisões para contribuir com a construção da política do setor na Bahia.

“Nós do PT estamos dizendo que se ele optar por uma figura política, nós temos interesse. Se a opção for uma escolha técnica, nós queremos partilhar também disso para concepção da política de educação na Bahia para o segundo governo dele. Estamos esperando decisão dele. Como ele não decidiu ainda. Se a opção for política, seria (um deputado do PT). Ele não manifestou ainda e qualquer outra coisa é especulação”, disse ao bahia.ba o presidente na legenda na Bahia, Everaldo Anunciação.

O anúncio da reforma do secretaria, inicialmente prevista para início de janeiro, pode ocorrer apenas no final do mês. Nesta quinta-feira (10), o governador evitou falar sobre as mudanças. Um dos nomes técnicos cotados é do ex-reitor da Ufba, Naomar de Almeida Filho. Já os deputados federais Afonso Florence (PT) e Waldenor Pereira (PT) são especulados como cota política. O partido se reuniu com o governador na última segunda-feira (7) e deve se reunir novamente na próxima semana.

“Têm sido cogitados vários nomes. É uma demonstração da força do governo Rui Costa. E também da força da base aliada, dos partidos em geral e do PT também. É um governo com muita pujança e os partidos querem participar do governo. E que tem professores, reitores, dirigentes políticos e parlamentares. O governador pode cogitar e vão aparecendo nomes, mas no final, qualquer decisão tomada pelo governador vai dar certo para o povo da Bahia”, declarou Florence.

Mais notícias