Publicado em 11/06/2016 às 08h00.

Cunha declara à Receita Federal que perdeu patrimônio

Presidente da Câmara dos Deputados afastado informou perda inflacionária de 28% entre 2010 e 2014

Redação
Cunha mantém contas no valor de US$ 2,4 milhões no banco suiço. (Foto: Reuters/Ueslei Marcelino)
(Foto: Reuters/Ueslei Marcelino)

 

O presidente afastado da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) declarou à Receita Federal que perdeu patrimônio nos últimos cinco anos. Conforme as informações do seu imposto de renda, a perda inflacionária é estimada em 28%. Ele informou possuir R$ 1,704 milhão em 2010 e R$ 1,537 milhão em 2014.

Há dois anos, seu patrimônio mais valioso declarado foi a empresa C3 Produções Artísticas e Jornalísticas, que possui juntamente com sua mulher Cláudia Cruz, avaliada em R$ 840 mil.

No entanto, segundo as investigações da Lava Jato, durante o período, o peemedebista recebeu apenas em uma de suas contas no exterior repasses que totalizaram 1,3 milhão de francos suíços, o equivalente a cerca de R$ 4,8 milhões, feitos pelo lobista João Henriques em 2011.

Para a Procuradoria Geral da República (PGR), os repasses foram propina proveniente de um negócio que envolveu a Petrobras. No fim de 2015, a Suíça bloqueou cerca de R$ 9 milhões nas contas de Cunha.

O deputado afastado não quis comentar os dados declarados à Receita. Anteriormente, ele já negou possuir patrimônio a descoberto e sua defesa negou irregularidades em suas declarações à Receita.

Com informações da Folha de São Paulo.