Publicado em 13/10/2018 às 17h30.

Defesa de Geddel terá acesso a material apreendido na quarta-feira

PF apreendeu malas com R$ 51 milhões no imóvel que seria usado por ex-ministro, no ano passado

Juliana Almirante
Foto: Divulgação/PF
Foto: Divulgação/PF

 

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima terá acesso ao material apreendido pela Polícia Federal (PF) no apartamento no bairro da Graça, em Salvador, na próxima quarta-feira (17), às 14h.

A informação é da Superintendência da PF na Bahia, em despacho disponível no processo que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

O Supremo permitiu que os advogados de Geddel tivessem acesso ao resultado da apreensão, com supervisão de autoridade policial. A PF apreendeu malas com R$ 51 milhões no imóvel, no ano passado.

O ex-ministro e o irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, são réus no processo que investiga crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores. A mãe deles, Marluce Vieira Lima, Job Brandão e Luiz Fernando Machado Costa Filho também são investigados.