Publicado em 16/04/2018 às 06h51.

Doria lidera pesquisa pelo governo, mas rejeição cresce na capital

A rejeição ao tucano na capital paulista chega a 49%, enquanto no interior esse índice é de apenas 25%, conforme levantamento do Datafolha

Redação
Foto: Gabriela Biló/ Estadão
Foto: Gabriela Biló/ Estadão

 

O ex-prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), lidera a pesquisa Datafolha para o governo de São Paulo, mas a rejeição ao tucano disparou na capital paulista após renunciar o cargo para disputar a eleição.

Segundo o levantamento, Doria aparece com 29% das intenções de voto, seguido pelo presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (MDB), que tem 20%. O atual governador Márcio França (PSB) tem 8%, empatado com o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), que marca 7%.

Líderes da disputa, Skaf e Doria também são os campeões em rejeição: 34% do eleitorado paulista dizem que não votariam “de jeito nenhum” no presidente da Fiesp e 33%, no ex-prefeito paulistano.

A rejeição ao tucano é maior na capital paulista. Entre os moradores da cidade, 49% dizem que não dariam seu voto ao ex-prefeito. No interior, esse índice é de apenas 25%. Doria renunciou a prefeitura de São Paulo com apenas um ano e três meses de mandato.

O Datafolha ouviu 1.954 eleitores em 68 municípios de São Paulo. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral

Mais notícias