Publicado em 20/04/2019 às 18h00.

‘Ele é muito leal e tem me ajudado muito’, diz Guedes sobre Onyx

Ministro da Economia minimizou o áudio no qual o chefe da Casa Civil diz que o governo deu uma “trava” na Petrobras

Redação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, minimizou o áudio no qual o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, diz que o governo deu uma “trava” na Petrobras.

“Ele é muito leal e tem me ajudado muito”, declarou Guedes, sobre o colega, ao blog da Julia Duailibi.

No entanto, a avaliação comum no governo é de que o ministro da Casa Civil deveria se concentrar na articulação política no Congresso, onde há dificuldade para a formação de uma base favorável às propostas econômicas, entre elas a reforma da Previdência.

Apesar das declarações de Onyx, o titular da Economia voltou a dizer que a Petrobras é livre para definir os preços.

Guedes defendeu maior transparência e “regras claras” na política de reajuste de preço dos combustíveis pela estatal e mencionou o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que tem reuniões periódicas definir a taxa de juros básica da economia.

“O Castello Branco [presidente da Petrobras] tem que ser o Copom do petróleo”, comparou.