Publicado em 11/01/2017 às 12h18.

Em evento cheio de repórteres, chefe do MST chama imprensa de ‘medíocre’

“Disseram que o MST pediu parque para lançar Lula presidente. [...] Não precisamos do parque para lançar Lula, porque Lula é o candidato permanente”, diz Stédile

Evilasio Junior / João Brandão
Foto: Mateus Soares/ bahia.ba
Foto: Mateus Soares/ bahia.ba

 

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, João Pedro Stédile, demonstrou insatisfação com a repercussão do evento promovido pela entidade, nesta quarta-feira (11), no Parque de Exposições de Salvador, chamado oficialmente de “29º Encontro Estadual do MST”.

Em seu discurso, o chefe do MST criticou a abordagem dada por veículos de comunicação que divulgaram o ato político como lançamento da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

“Imprensa medíocre. Disseram que o MST pediu parque para lançar Lula presidente. O que temos dito é que faríamos um encontro estadual. Não precisamos do parque para lançar Lula, porque Lula é o candidato permanente”, disse.

Curioso é que as próprias assessorias do PT e do MST convidaram centenas de repórteres, que lotaram a área destinada aos profissionais.