Publicado em 10/08/2018 às 11h34.

Energia eólica poupa a água das barragens

No sul, a média das barragens é a mesma de antes

Levi Vasconcelos

Luiz Eduardo Barata, diretor do Operador Nacional de Sistema (ONS), o braço da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que controla as fontes de fornecimento de energia, diz que as barragens baianas vão fechar 2018 com bem mais água, em torno de 30% (Sobradinho chegou a 5%) por um detalhe: usou-se muito mais a energia eólica (dos ventos) do que a oriunda das hidrelétricas.

No sul, a média das barragens é a mesma de antes.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

Mais notícias