Publicado em 06/12/2018 às 17h11.

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro movimentou R$ 1,2 milhão em um ano

Valor foi considerado atípico e citado em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras

Redação
Foto: Ascom/ PSL-RJ
Foto: Ascom/ PSL-RJ

 

Um ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), movimentou R$ 1,2 milhão em uma conta entre janeiro de 2016 e o mesmo mês de 2017. A informação é d’O Estado de S.Paulo.

O valor foi considerado atípico e citado em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). O órgão de fiscalização é ligado ao Ministério da Fazenda.

O político disse, por meio do Twitter, que “nunca soube de algo que desabonasse sua conduta”.

O ex-assessor Fabrício José Carlos de Queiroz é policial militar e trabalhava como motorista e segurança do filho de Bolsonaro.

Ele estava lotado no gabinete do parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) até 15 de outubro deste ano, quando foi exonerado.

O relatório em que aparece o nome de Queiroz faz parte da apuração que originou a operação que resultou na prisão de dez deputados estaduais do Rio de Janeiro.