Publicado em 14/06/2019 às 10h39.

Franciel Cruz, um vexame nos pampas graças a Azul

A história do confisco de livros

Levi Vasconcelos

Autor do livro de crônicas ‘Ingrezia’, o jornalista baiano Franciel Cruz acabou virando personagem de uma história inusitada por conta da obra. Explicando. Dia 24 último, ele embarcou com 50 livros na bagagem para ir a Porto Alegre, com destino à Livraria Bomboletras fazer o lançamento com noite de autógrafos, como já fez no Rio, São Paulo e Belo Horizonte.

Chegou 5 da tarde num voo da Azul. No desembarque, cadê as bagagens?

Ficou a noite inteira explicando que os livros foram extraviados. Dia seguinte, foi resgatá-los. Na hora de assinar a papelada, o aviso: ‘Abdico de forma plena e total de qualquer pretensão indenizatória’. Não abdicou, a Azul também não, e reteve os livros. O caso está na Justiça.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE