Publicado em 06/12/2018 às 11h20.

Futuro ministro da Saúde pretende mexer na Funasa e acabar com feudo do MDB

Uma das ideias é acabar com a fundação e alocar sua estrutura dentro do ministério, reduzindo sua força política

Redação
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

 

O futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), pretende mexer na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), tradicionalmente, um feudo do MDB.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, uma das ideias é acabar com a fundação e alocar sua estrutura dentro do ministério, reduzindo sua força política.

Cogita-se também transferi-la para o novo Ministério do Desenvolvimento Regional, destinando a outros programas o dinheiro que hoje financia o órgão.

Com orçamento anual de R$ 3,4 bilhões e escritórios em todos os estados, a Funasa investe em obras de saneamento básico boa parte dos recursos reservados no Orçamento da União para emendas de parlamentares e projetos na área de saúde.