Publicado em 13/03/2018 às 11h05.

Hostilizado em Simões Filho, Rui acusa o prefeito Dinha

Em seguida, o governador foi para a Assembleia participar da solenidade de filiação de Marcelo Nilo ao PSB

Levi Vasconcelos
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O lançamento da Ordem de Serviço para a Policlínica ontem em Simões acabou em rebu. Rui Costa foi hostilizado com vaias e xingamentos por funcionários da Prefeitura e alguns moradores. No ato, virou-se para o prefeito Dinha (MDB) e avisou:

— Eu espero que você me respeite. Eu sou o governador da Bahia. Se acontecer algo comigo você será responsabilizado.

Dinha retrucou:

— Eu não tenho nada com isso.

— Como não tem se aí no meio estão seus secretários?

Rui saiu de lá e foi para a Assembleia participar da solenidade de filiação de Marcelo Nilo ao PSB. Já chegou no fim, mas citou o epispódio e bradou a sua revolta.

—Eu continuarei governando para todos, para os educados e para os mal educados, para os democráticos e para os anti-democráticos!

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

Mais notícias