Publicado em 02/11/2017 às 20h03.

Incêndio em secretaria é ‘tentativa de intimidar governo’, diz Elinaldo

Bandidos armados invadiram, na madrugada desta quinta-feira (2), a sede da Secretaria de Infraestrutra de Camaçari e atearam fogo em documentos

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba
Foto: Izis Moacyr / bahia.ba

 

O prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo (DEM), cobrou, nesta quinta-feira (2), “empenho” da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) na apuração do incêndio na Secretaria de Infraestrutura da cidade e disse que o crime é uma “tentativa de intimidar o governo”.

“É um momento muito triste. Bandidos armados entraram aqui e renderam os nosso seguranças e vigilantes. Trancaram em uma sala e praticaram esse ato criminoso. Foi uma tentativa de querer intimidar o governo, intimidar a Câmara [de Vereadores]. Uma maneira de tirar o governo do foco. Mas quero falar para toda a população de Camaçari que isso não vai nos intimidar”, afirmou o democrata.

Na madrugada desta terça, a secretaria foi alvo de ataque criminoso pela terceira vez. Desta vez, os autores do crime renderam dois vigilantes e dois funcionários da Defesa Civil e espalharam um líquido inflamável pelo local.

Documentos sobre a obra da Bacia do Rio Camaçari, que está paralisada e tem recursos federais, foram queimados. A Polícia Federal apura se houve desvios de recursos da Caixa Econômica nesta obra.