Publicado em 17/07/2017 às 16h20.

Janot diz que ‘não acreditou’ ao receber denúncias da JBS contra Temer

"A primeira reação nossa foi dizer 'isso é mentira, é inacreditável que a prática continue de maneira aberta'", falou o procurador, durante evento nos Estados Unidos

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

Responsável por apresentar a denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB) no Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República afirmou, nesta segunda-feira (17), que “não acreditou” quando recebeu as primeiras acusações da JBS contra o peemedebista.

“Essas pessoas procuraram agentes do Ministério Público para oferecer a possibilidade de um acordo penal. E envolviam altíssimas autoridades da República. A primeira reação nossa foi dizer: ‘isso é mentira, não acredito que isso esteja acontecendo, é inacreditável que a prática continue de maneira aberta'”, afirmou Janot, durante evento promovido pelo Brasil Institute, em Washington, nos Estados Unidos.

O chefe da PGR disse ainda que não insistirá na denúncia por corrupção passiva contra Temer, por não ter embasamento técnico para tanto.