Publicado em 19/05/2017 às 15h39.

J&F deve pagar R$ 12 bi até hoje para selar acordo de leniência

A empresa não pretende aceitar esse valor, que representa 5,8% do faturamento do grupo em 2016 – o grupo se propõe a pagar R$ 1 bilhão, o equivalente a 0,1% do faturamento

Redação
Foto: Divulgação/JBS
Foto: Divulgação/JBS

 

O Ministério Público Federal deu um ultimato ao grupo J&F, controlador do frigorífico JBS, para fechar o acordo de leniência com a empresa. Caso o grupo não aceite pagar R$ 11,69 bilhões até as 23h59 desta sexta-feira (19), as negociações estarão encerradas.

O comunicado foi feito porque a empresa não aceita pagar esse valor, que representa 5,8% do faturamento do grupo em 2016. O grupo se propõe a pagar R$ 1 bilhão, o equivalente a 0,1% do faturamento no ano passado.

As conversas começaram no final de fevereiro e foram conduzidas em paralelo às negociações para a colaboração premiada – procedimento já homologado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).