Publicado em 14/04/2018 às 15h52.

Lídice critica possível chapa com Coronel

Sem citar nome de deputado, senadora faz provocações em discurso, ao defender reforço em "campo progressista'

Rodrigo Aguiar
lidice da mata foto ascom
Foto: Divulgação / Ascom

 

A senadora Lídice da Mata (PSB), que almeja disputar a reeleição na chapa encabeçada pelo governador Rui Costa (PT), criticou a possível candidatura do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Ângelo Coronel (PSD), em discurso nesta sexta-feira (13), em Alagoinhas.

Como a candidatura de Jaques Wagner (PT) ao Senado é dada como certa, caso o petista não seja alçado à condição de “plano B” presidencial do Partido dos Trabalhadores, restaria apenas uma vaga na chapa de Rui para concorrer à câmara alta do Congresso.

Sem mencionar o nome de Coronel, Lídice afirmou que era necessário “reforçarmos o nosso campo, que é o campo progressista”. A fala é uma referência à trajetória política de Coronel, traçada em partidos de centro e direita.

“Precisamos ter a certeza de que vamos ter, no Senado Federal e na Câmara, gente que defenda as nossas opiniões a favor do povo. Aprendemos isso com a saída de Dilma”, continuou Lídice.

A provável presença do presidente da Alba em detrimento da socialista na chapa é vista com reserva por parte da militância de esquerda.

Em sessão solene em apoio ao ex-presidente Lula (PT) nesta sexta, Coronel discursou como fervoroso defensor do petista.