Publicado em 12/01/2018 às 21h00.

Meirelles diz que rebaixamento da nota do Brasil não tem efeito político

"Eles fazem o trabalho deles e a gente faz o nosso trabalho", disse o ministro da Fazenda

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (12) que as decisões das agências de classificação de risco, como a da Standard&Poor’s, que rebaixou a nota brasileira nesta semana, não devem ser consideradas como uma “grande questão política” .

Para ele, “está claro que a agência fez lá sua avaliação, e não discuto avaliação de agências, nunca discuti. Eles fazem o trabalho deles e a gente faz o nosso trabalho”.

A S&P argumentou que o rebaixamento da nota do Brasil se deve ao atraso na aprovação de medidas fiscais de reequilíbrio das contas públicas, em especial a reforma da Previdência, o que a agência considera “uma das principais fraquezas” do país.

O ministro afirmou que o governo vai levar adiante as reformas “que o país necessita”.

PUBLICIDADE