Publicado em 22/02/2019 às 18h30.

‘Milhões de Evas pelo mundo’, diz Mansur sobre jovem abusada por 8 anos

Deputada usou conta no Instagram para comentar caso; jovem foi estuprada e torturada pelo padastro

Milena Teixeira
Foto: João Victor Medeiros/ Bahia.ba
Foto: João Victor Medeiros/ Bahia.ba

 

A deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) comentou o caso de Eva Luana da Silva, jovem de 21 anos que foi abusada  e torturada sexualmente pelo padrasto. A parlamentar usou o Instagram para dizer que a dizer que mulheres “são vítimas da crueldade, do machismo, da opressão e da violência de homens cruéis”.

“São milhões de Evas pelo mundo. Evas que diariamente sofrem e são vítimas da crueldade, do machismo, da opressão, da violência de homens cruéis. É absurdo, indignante. Dói. Muito. Quantas histórias tristes precisaremos ler para que políticas de proteção para as mulheres funcionem realmente? Quantas de nós terão que morrer para que uma providência seja tomada? Cansamos de virar estatística, não vamos nos calar”, escreveu Fabíola.

Relembre o caso

A estudante de direito Eva Luana da Silva, 21 anos, usou as redes sociais na terça-feira (19) para denunciar os casos de abuso e tortura que ela e a mãe sofreram pelo padrasto, durante quase 10 anos.

A moradora da cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), chegou a dizer que era estuprada duas vezes ao dia. Além disso, ela revelou ter abortado do abusador dentro de casa. Veja a publicação.