Publicado em 12/07/2018 às 14h20.

Ministro suspende por 90 dias procedimentos sobre registro sindical

Determinação está em portaria publicada na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial da União

Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

Ainda nos primeiros dias no comando do Ministério do Trabalho, o novo ministro Caio Vieira de Mello, decidiu suspender por 90 dias todos os procedimentos de análise e publicações relativas ao registro sindical.

Ficam excluídos da regra apenas os processos com determinação judicial para cumprimento. A determinação está em portaria publicada na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial da União.

Em 1° de junho, o ministério já havia suspendido pelo período de 30 dias as análises, publicações de pedidos, publicações de deferimento e cancelamentos de registro sindical, após a deflagração da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal.