Publicado em 13/01/2018 às 14h00.

Moisés Rocha ‘não está sintonizado’ com o PT, diz presidente do partido

O vereador não seguiu a recomendação da executiva da legenda e votou, após um acordo com o Executivo, a favor de projeto da prefeitura

Rodrigo Aguiar
Foto: Roberto Viana/bahia.ba
Foto: Roberto Viana/bahia.ba

 

O vereador petista Moisés Rocha “não está sintonizado” com o partido, na avaliação do presidente municipal da sigla, Gilmar Santiago.

O vereador não seguiu a recomendação da executiva da legenda e votou, após um acordo com o Executivo, a favor do projeto que reajustou os Valores Unitários Padrão (VUP) de terrenos e construções – uma das bases de cálculo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

“Naquela votação específica, a orientação da executiva foi de votar contra o projeto, que culminaria no aumento do IPTU. A maioria da bancada de oposição e do PT se comportou dessa forma. […] A posição do vereador contraria essa recomendação e, portanto, ele não está sintonizado com o que a maioria do partido está pensando. Aí o problema não é nosso, é do vereador”, declarou Gilmar, ex-vereador na capital baiana, ao bahia.ba.

Em janeiro do ano passado, o PT soteropolitano decidiu pela expulsão de Moisés e de seu colega de bancada Suíca, por descumprimento de uma orientação partidária. O caso foi parar na direção nacional da sigla.