Publicado em 02/10/2018 às 10h33.

‘Moro é cabo eleitoral e, nas horas vagas, juiz federal’, diz Boulos

Candidato do Psol criticou a quebra de sigilo da delação de Antônio Palocci contra o ex-presidente Lula

Redação
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

O candidato à presidência Guilherme Boulos (Psol) criticou a decisão do juiz Sérgio Moro de quebrar o sigilo da delação de Antôno Palocci contra o ex-presidente Lula, divulgada nesta segunda-feira (1°).

No Twitter, o psolista lembrou a ligação entre Dilma e Lula que se tornou pública em 2016, “às vésperas do Impeachment”, e comparou com a atitude de Moro “a seis dias das eleições”. Boulos chamou Sérgio Moro de “cabo eleitoral” e disse que ele exerce a função de “juiz federal” apenas nas “horas vagas”.

 

PUBLICIDADE