Publicado em 18/01/2018 às 10h00.

MP pede transferência de Cabral para Curitiba

Ministério Público do Estado do Rio diz que, em Bangu, há uma “rede de serviços e favores” montada a favor do ex-governador

Redação
Foto: Reprodução/Jornal Hora H
Foto: Reprodução/Jornal Hora H

 

Depois de verificar que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, tem recebido regalias na cadeia, o Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) e do Ministério Público Federal (MPF) pediram a transferência do ex-gestor para Curitiba.

Os MPs ainda solicitaram o afastamento do secretário estadual de Administração Penitenciária, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, e outros cinco gestores do órgão por supostamente beneficiar o ex-governador.

No período em que ficou preso em Bangu, os promotores ressaltaram que Cabral contava com a “escolta” de agentes penitenciários e alguns presos. Para o MP-RJ, havia uma “rede de serviços e favores” montada a favor do ex-governador.