Publicado em 17/10/2017 às 20h13.

‘Nada atrapalha’ votação da denúncia, diz Temer sobre delação de Funaro

Temer foi denunciado pela PGR ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa

Redação
Foto: Beto Barata/PR
Foto: Beto Barata/PR

 

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (17) que “nada atrapalha” a votação da denúncia oferecida contra ele pela Procuradoria Geral da República. A declaração foi dada pelo peemedebista após ser questionado sobre se a divulgação dos vídeos da delação de Lúcio Funaro.

Temer foi denunciado pela PGR ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. A acusação contra o presidente é baseada em algumas delações, entre as quais a de Lúcio Funaro, apontado pelas investigações da Lava Jato como operador de propinas para o PMDB.

A denúncia está em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta terça-feira (17). O STF só poderá decidir se aceita ou rejeita a acusação contra o presidente se a Câmara dos Deputados autorizar.