Publicado em 09/11/2018 às 16h58.

Nilo nega ter vazado delação contra Nelson Leal e chama Leão de ‘mentiroso’

O vice-governador acusa Marcelo Nilo de vazar a delação do empresário Kells Belarmino Mendes na Operação Águia de Haia para "prejudicar" Nelson Leal na disputa pelo comando da Assembleia

Redação
Foto: Josemar Pereira/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Josemar Pereira/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

O deputado estadual (e federal eleito) Marcelo Nilo (PSB) nega acusação do vice-governador João Leão (PP) de que ele ‘vazou’ delação premiada contra o colega de parlamento Nelson Leal (PP), que coloca seu nome no páreo na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

“Quando eu quero falar uma coisa contra um cidadão ou cidadã, eu falo na cara. Não fico plantando contra ninguém. (Leão) Foi mentiroso, irresponsável e leviano. É vendedor de fumaça. Um dos homens mais despreparados que conheci na vida. Não honra o cargo que ocupa. Não foi Marcelo Nilo que vazou a delação. O que ele quer fazer é aparecer. Deveria colocar uma melancia e ir para a Rua Chile para aparecer mais”, afirmou Nilo em entrevista à rádio Metrópole nesta sexta-feira (9).

O vice-governador acusa Nilo de vazar a delação premiada do empresário Kells Belarmino Mendes na Operação Águia de Haia para “prejudicar” Nelson Leal na disputa pelo comando da Assembleia.

Mais notícias