Publicado em 05/06/2018 às 09h52.

Nogueira critica aliança de Rui com ‘partidos que apoiaram o golpe’

Em conversa com o bahia.ba, o pré-candidato ao Senado pelo Psol censurou a aliança do PT com PP e PSD: “Esse modelo de governabilidade nós sabemos no que vai dar”

Luís Filipe Veloso / Matheus Morais
Foto: Felipe Iruatã/ bahia.ba
Foto: Felipe Iruatã/ bahia.ba

 

Pré-candidato do Psol ao Senado Federal, Fábio Nogueira criticou na manhã desta terça-feira (5) a gestão do governador Rui Costa (PT).

“Comete o mesmo equívoco do governo de Dilma e Lula. Ele governa com alianças de centro-direita, com partidos que apoiaram o golpe como o PP e o PSD. Esse modelo de governabilidade nós sabemos no que vai dar, o que ele gera no longo prazo”, disse.

Em conversa com o bahia.ba, pouco antes do início de um evento realizado na Ufba, com a participação do presidenciável Guilherme Boulos, o psolista justificou a escolha pelo Senado na atual eleição e censurou os representantes baianos na Casa.

“O senado atualmente é uma casa das oligarquias, da velha política. Então a gente precisa de caras novas, gente nova, pessoas que tenham ideias novas, projetos novos, para que a gente possa garantir a representatividade nestes espaços de poder”, complementou.

Quanto aos prognósticos das eleições de outubro, Fábio opta pelo tom comedido: “Muitos candidatos morreram na praia. Se anunciaram candidatos e não chegaram a se consolidar, como o caso do Joaquim Barbosa que surgia como alternativa. Eu acho que o cenário é ainda bastante instável do ponto de vista político e grave do ponto de vista das instituições”.

PUBLICIDADE