Publicado em 08/02/2018 às 16h00.

Novo advogado de Lula tenta antecipar julgamento de habeas corpus

Sepúlveda Pertence se reuniu com o ministro Edson Fachin nesta quinta-feira (8), e explicou os pontos do pedido para evitar a prisão do petista

Redação
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba
Foto: Clara Rellstab/bahia.ba

 

Sepúlveda Pertence, o novo advogado do ex-presidente Lula (PT), afirmou nesta quinta-feira (8), que irá tentar que o ministro Edson Fachin, julgue o habeas corpus apresentado pela defesa antes que o processo se esgote nas instâncias inferiores.

Em janeiro, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) – que é uma espécie de terceira instância, abaixo do Supremo Tribunal Federal (STF) – rejeitou uma liminar para impedir a execução da pena do petista, de 12 anos e 1 mês.

Após ter o pedido negado, a defesa do ex-presidente entrou com pedido de habeas corpus no STF, no dia 2 de fevereiro, segundo o Estadão.

Sepúlveda é ex-ministro e ex-presidente do STF, e se juntou a equipe de defesa de Lula recentemente. Outros advogados que integram o time são Cristiano Zanin Martins, José Roberto Batochio e Evandro Pertence. Eles se reuniram nesta quinta-feira (8) com Edson Fachin, para explicar os pontos do habeas corpus para evitar a prisão do petista.

Zanin disse que Lula está “sereno, mas com a indignação de qualquer pessoa condenada sem ter cometido um crime”.