Publicado em 10/10/2017 às 08h44.

O metrô se qualifica e a gratuidade passa a 65

Rui Costa entrega a primeira passarela com escada rolante na Estação Detran, modelo que será adotado em todas as demais

Levi Vasconcelos

Duas notícias sobre o metrô de Salvador, uma ruim e uma boa.

A ruim: a gratuitade para idosos, que era de 60 anos, vai passar para 65. Eduardo Coppello, presidente da Cia de Transportes da Bahia (CTB), diz que a lei, aplicada em todos os segmentos, é de 65 anos e com a integração, o ajuste teve que ser feito.

A boa: Rui Costa vai hoje (8h) na estação do Detran entregar a primeira passarela com escada rolante, modelo que será adotada em todas as demais: Fala Eduardo.

— É caso único no Brasil.

Movimento cresce

E pouco a pouco o metrô vai ser incorporando a vida da cidade. O movimento, que nas duas primeiras semanas após a integração era de 136 mil pessoas por dias, já avançou bastante. Está em 220 mil, em curva ascendente.

A meta é chegar a 500 mil.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é Jornalista político, Diretor de Jornalismo do Bahia.ba, e titular da Coluna Tempo Presente do Jornal A Tarde.