Publicado em 20/04/2017 às 15h03.

Oposição deve apresentar recurso contra arquivamento de CPI na segunda

Minoria da Assembleia definiu que só acionará a Justiça após tentar reverter a situação junto à Mesa Diretora da Casa

Rodrigo Aguiar
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) definiu que só acionará a Justiça para questionar o arquivamento da CPI do Centro de Convenções após tentar reverter a situação junto à Mesa Diretora da Casa.

Um recurso à Mesa deve ser apresentado já na próxima segunda-feira (24), segundo o deputado Luciano Ribeiro (DEM).

Na última terça-feira (18), ao não conseguir ficar com a presidência ou a relatoria do colegiado – já que a bancada de governo queria os dois postos – os oposicionistas adotaram a estratégia de retirar as indicações feitas para a comissão.

Logo em seguida, os governistas também retiraram os seus integrantes da CPI, o que levou o presidente da AL-BA, Ângelo Coronel (PSD), a decretar o arquivamento do colegiado.

A decisão de Coronel, porém, foi equivocada, do ponto de vista de Ribeiro. “A gente está preparando um recurso interno para questionar o arquivamento. Na nossa visão, a gente tirou os nomes da composição, mas não as assinaturas da criação. […] Ele [Coronel] teria que dar oportunidade para indicar outros nomes”, disse o democrata.

Para o parlamentar, só será possível questionar o arquivamento da comissão – e o direito da oposição de garantir a presidência ou a relatoria – caso a Mesa indefira o recurso a ser apresentado.

PUBLICIDADE