Publicado em 22/01/2019 às 19h32.

Otto diz que PSD não será obstáculo para reforma de Rui e defende Cavalcanti na Seinfra

"Tive uma conversa com o governador há três semanas sobre o espaço do nosso partido. Ele ficou de fazer uma segunda reunião", ressaltou

Matheus Morais
Foto: Geraldo Majella/ Ag. Senado
Foto: Geraldo Majella/ Ag. Senado

 

O presidente do PSD baiano, senador Otto Alencar, espera ter uma conversa com o governador Rui Costa (PT) para definir o espaço do partido no novo secretariado do Executivo estadual.

“Tive uma conversa com o governador há três semanas sobre o espaço do nosso partido. Ele ficou de fazer uma segunda reunião. Ele já conversou com todos os presidentes partidos”, afirmou, em entrevista ao programa “Se Liga Bocão”, da rádio Itapoan FM, na noite desta terça-feira (22). “Vamos aguardar o que ele vai decidir”.

Otto acredita ainda que o titular da Secretaria de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti (PSD), deve permanecer no cargo.

“Nós defendermos a permanência do Marcos. Ele merece ser reconduzido ao cargo. No entanto, o governador é quem vai decidir”, destacou. “O PSD tem indicações técnicas também. O PSD não será obstáculo para a reforma que o governador pretende fazer”, completou.

O PSD pretende emplacar o ex-prefeito de Guanambi e deputado federal eleito, Charles Fernandes, no comando da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), possibilitando assim a volta do deputado Paulo Magalhães (PSD), que não foi reeleito, para a Câmara Federal.

Mais notícias