Publicado em 03/01/2017 às 14h05.

‘Ou eu ou Coronel será candidato’, diz Luiz Augusto

Pré-candidatos à presidência da Assembleia, deputados garantem que não irão desistir de concorrer contra Marcelo Nilo

Evilasio Junior
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Pré-candidatos à presidência da Assembleia Legislativa (AL-BA), os deputados Ângelo Coronel e Luiz Augusto (PP) almoçaram, nesta terça-feira (3), no Restaurante Boi Preto, na Boca do Rio, em Salvador, com os presidentes estaduais dos seus partidos, o senador Otto Alencar e o vice-governador João Leão, para sacramentar o acordo para a eleição do próximo dia 1º de fevereiro.

Em entrevista ao bahia.ba, os dois parlamentares asseguraram que o cardápio principal do encontro foi o pleito da AL-BA e que não haverá desistência até o dia da votação. “Em uns 10 a 15 dias vamos fazer uma avaliação para ver quem estará melhor”, estimou Coronel. “Vamos sair unidos desse processo. Não tem possibilidade de um de nós sair separado. Ou eu ou Coronel será candidato. Não vamos desistir”, garantiu Luiz Augusto.

Atual comandante da Casa, Marcelo Nilo diz que sairá vencedor da disputa – para ele a mais fácil entre as seis que disputou (leia aqui) – com pelo menos 45 votos, mas todos os postulantes concordam que a oposição será o fiel da balança. Se a bancada da minoria se unir, quem receber os seus 21 votos praticamente vai sacramentar a vitória.

Mais notícias