Publicado em 20/04/2017 às 18h20.

Palocci diz que pode apresentar ‘fatos com nomes’ de interesse da Lava Jato

Ex-ministro prestou depoimento nesta quinta-feira ao juiz federal Sérgio Moro

Redação
Foto: Antonio Cruz/ ABr
Foto: Antonio Cruz/ ABr

 

Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-ministro Antonio Palocci afirmou nesta quinta-feira (20), em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que pode apresentar “fatos com nomes, endereços e operações realizadas” que renderiam mais um ano de trabalho à Lava Jato.

“O dia que o senhor quiser, se o senhor tiver com a agenda muito ocupada, a pessoa que o senhor determinar, eu imediatamente, apresento todos esses fatos com nomes, endereços, operações realizadas e coisas que vão ser, certamente, do interesse da Lava Jato, que realiza uma investigação de importância. Acredito que posso dar um caminho, talvez, que vá lhe dar mais um ano de trabalho, mas é um trabalho que faz bem ao Brasil”, disse Palocci.

O ex-ministro foi interrogado em ação na qual é acusado de atuar em favor da Odebrecht entre 2006 e o final de 2013 no governo federal. No depoimento, Palocci negou ter defendido interesses da empreiteira ou operado recursos de caixa 2. Informações do G1.

PUBLICIDADE