Publicado em 19/01/2018 às 21h20.

PGE já foi acionada a prestar informações, diz Saeb sobre bloqueio

O desembargador Baltazar Saraiva, do TJ-BA, autorizou o bloqueio de até R$ 100 mil nas contas do secretário Edelvino Góes (Administração)

Redação

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) informou que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) já foi acionada para prestar todas as informações em juízo sobre a decisão do bloqueio nas contas bancárias do titular da pasta, Edelvino Góes.

Por meio de nota, a secretaria disse ainda cumprir “as decisões judiciais recepcionadas por esta pasta”.

O desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) Baltazar Miranda Saraiva autorizou o bloqueio de até R$ 100 mil nas contas bancárias de Góes, por descumprimento de uma ordem judicial expedida pela Corte em 4 de abril de 2017, segundo a coluna Satélite, do jornal Correio.

Ainda de acordo com a publicação, o TJ-BA mandou que o titular da Saeb voltasse a pagar adicional de insalubridade aos professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Veja abaixo a nota da Saeb na íntegra:

“Cabe à Secretaria da Administração (Saeb) esclarecer que cumpre as decisões judiciais recepcionadas por esta pasta, bem como reforçar seu papel em assegurar direitos adquiridos pelos servidores estaduais. No que diz respeito ao caso apresentado à imprensa na manhã desta sexta-feira (19), a Saeb esclarece que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) já foi acionada para prestar todas as informações em juízo”.

Mais notícias