Publicado em 17/05/2018 às 15h17.

Podemos defende vereador alvo de operação contra pedofilia

Presidente da legenda, João Carlos Bacelar afirmou que biografia e trabalho de Toinho Carolino “não serão atingidos por um ato que ele não cometeu”

Redação
Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

Relacionado a um endereço alvo de ação policial durante operação de combate a pedofilia, deflagrada nesta quinta-feira (17), o vereador Toinho Carolino foi defendido pela direção partidária do Podemos na Bahia.

Em nota, o presidente estadual da legenda, o deputado federal João Carlos Bacelar, expressou solidariedade ao vereador, afirmou acreditar na inocência do correligionário e disse que sua biografia e trabalho “não serão atingidos por um ato que ele não cometeu”.

“O Podemos quer uma investigação rigorosa do caso, já que o vereador não reconhece o endereço alvo da operação e, como a própria polícia admitiu à imprensa, o crime deve ter sido praticado por terceiros”, declarou Bacelar.