Publicado em 14/09/2018 às 11h19.

Pré-candidato ao comando da CMS, Geraldo Jr. espera ‘consenso’ para candidatura única

"O afunilamento ao final do processo é uma expectativa e anseio de todos", disse o vereador licenciado

Juliana Almirante / Matheus Morais
Foto: Matheus Morais/ bahia.ba
Foto: Matheus Morais/ bahia.ba

 

Pré-candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, o vereador licenciado e secretário de Esporte e Lazer Geraldo Júnior disse que espera um consenso em torno de uma candidatura única para o comando do Legislativo Municipal.

“O afunilamento ao final do processo é uma expectativa e anseio de todos. E tomara que esse consenso seja em torno do vereador Geraldo Júnior”, afirmou.

Ele considera legítimo que todos os vereadores, inclusive o líder do governo, Henrique Carballal (PV), busquem a tentativa de se eleger presidente.

“Carballal é um dos grandes nomes da casa. É o líder de governo da Câmara Municipal de Salvador. Falo sempre que sou pré-candidato à presidência da Câmara Municipal de Salvador, mas entendo que é legítimo que todo vereador tenha esse anseio de dirigir o processo do legislativo municipal aqui na nossa cidade”, disse.

Ele disse ainda que, primeiramente, precisa conversar com seu líder político, ACM Neto. “Não tomarei, como nunca tomei, em toda minha vida pública, no meu terceiro mandato agora qualquer decisão sem ouvi-lo”, afirmou.

Antes disso, ele não pensa em desistir de forma nenhuma. “Eu já falei que, diferentemente de outras oportunidades, a gente sabe que não há folha e fruto que caia de uma árvore sem consentimento de Deus. E essa é minha oportunidade de ser presidente dessa Casa, desde que haja consentimento vontade dos meus pares, dos meus colegas, seja de vereadores de oposição ou de situação”, disse.