Publicado em 14/06/2019 às 14h44.

Presidente do DEM minimiza aproximação de Prates com esquerda

Paulo Azi afirmou que democrata “nasceu para a política através das mãos do prefeito ACM Neto”

Rodrigo Aguiar
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

 

Presidente do DEM na Bahia, o deputado federal Paulo Azi minimizou a aproximação do secretário Leo Prates (Promoção Social e Combate à Pobreza), seu correligionário e aliado do prefeito ACM Neto, com partidos de esquerda.

Na última semana, Prates encontrou o presidente do PCdoB baiano, Davidson Magalhães. Nesta sexta-feira (14), almoçou com pedetistas.

“Não vejo nada demais que ele converse com diversos partidos”, afirmou Azi. O deputado destacou ainda que Prates “nasceu para a política através das mãos do prefeito ACM Neto”.

Após a aproximação com o PCdoB, o secretário chegou a mandar um recado, que muitos aliados entenderam que seria endereçado ao presidente do DEM na Bahia.

“Em 2012 ajudei a construir pontes com o PV, e alguns viam como veem hoje o meu diálogo com o PCdoB”, escreveu Prates no Twitter. Nesta sexta, o secretário voltou a mandar uma indireta, “aos covardes”, sem citar nomes.

prates twitter
Foto: Twitter

 

Braço direito de Neto, Prates foi especulado como possível substituto de Luiz Galvão na Secretaria Municipal de Saúde.

O chefe do Thomé de Souza não descartou a possibilidade de troca na pasta, mas informou que não permitiria a “fritura” de nenhum secretário na imprensa.

PUBLICIDADE