Publicado em 19/05/2017 às 19h00.

Propina da JBS foi distribuída até na presença de criança de quatro anos

A irmã do doleiro Lúcio Funaro, Roberta Funaro, foi acompanhada de uma criança buscar uma mala com R$ 400 mil em dinheiro

Redação
Foto: Reprodução/MPF
Foto: Reprodução/MPF

 

A irmã do doleiro Lúcio Funaro, Roberta Funaro, foi acompanhada de uma criança de quatro anos de idade buscar uma mala com R$ 400 mil em dinheiro do lobista Ricardo Saud, que operava para JBS. O fato foi relatado por Saud em depoimento prestado em 10 de maio deste ano, segundo a Folha de S. Paulo.

“Ela chegou lá as 15h e por surpresa, foi buscar a mala com uma criança de quatro anos de idade no colo. A criança tinha saído da escola… Aquilo foi um pouco constrangedor, mas a gente tinha feito acordo, não podia parar, nós demos sequência, preservando sempre a criança”, relatou Saud. Segundo ele, a mala de dinheiro estava em um carro estacionado próximo à escola que a empresa mantém ao lado de seu escritório, na zona norte de São Paulo.

A Polícia Federal fez o vídeo do momento em que os três entram no carro da JBS. Um outro vídeo mostra o momento em que Roberta salta do táxi e embarca em um terceiro carro, particular, no estacionamento de um shopping, a dez quilômetros do local da reunião.