Publicado em 30/05/2018 às 09h26.

R$ 51 mi: Conselho de Ética convoca ex-secretário de Lúcio para depor

O convite foi feito pelo relator do caso, Marcos Rogério (DEM-RO), nesta terça-feira (29)

Matheus Morais
Foto: Izis Moacyr/ bahia.ba
Foto: Izis Moacyr/ bahia.ba

 

Job Ribeiro Brandão, considerado braço direito dos Vieira Lima, foi convocado a prestar depoimento no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, que investiga Lúcio no caso dos R$ 51 milhões encontrados em bunker, no bairro da Graça, em Salvador. O convite foi feito pelo relator do caso, Marcos Rogério (DEM-RO), nesta terça-feira (29).

Durante as investigações, a Polícia Federal encontrou as digitais de Job em notas de dinheiro que estavam em caixas e malas no apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima.

No documento, Rogério argumenta que Job Ribeiro “é um dos citados e denunciado no processo da PGR. Prestou depoimento à Polícia Federal esclarecendo sua participação nos fatos apontados, inclusive, sobre a apropriação de parte de seu salário mensal pelo Representado, ao longo dos anos, apresentando extratos bancários que comprovariam as transferências realizadas para os destinatários, conforme consta no processo. O senhor Job, portanto, é parte importante no processo, justificando, assim, a sua oitiva neste Conselho para contribuir com a elucidação dos fatos em apuração em desfavor do Representado”.

Mais notícias