Publicado em 12/07/2019 às 15h14.

Responsável por queda de Geddel, Marcelo Calero critica Eduardo Bolsonaro em Embaixada

Eduardo Bolsonaro pode ser indicado para assumir a Embaixada do Brasil em Washington

Redação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

 

Diplomata de carreira e responsável pela polêmica que acabou na demissão de Geddel Vieira Lima do cargo de ministro, o deputado Marcelo Calero criticou a hipótese de Eduardo Bolsonaro assumir a Embaixada do Brasil em Washington.

“Para desempenhar essa função, centenas de diplomatas decidam uma vida inteira de estudo e trabalho. Há muito suor e dedicação para que o servidor tenha os atributos de excelência necessários à estatura da representação diplomática. E é isso particularmente importante na chefia da Embaixada do Brasil nos Estados Unidos”, disse o parlamentar na tribuna da Câmara.

“A tradição de designar diplomatas de carreira para ocupar a chefia de corpos diplomáticos no exterior foi retomada nos últimos 10 anos e não pode mais uma vez ser quebrada por um capricho do presidente da República”, acrescentou.

PUBLICIDADE