Publicado em 25/06/2019 às 15h00.

Roma defende Moro na Justiça: ‘Tem que ser avaliado como ministro, não como juiz’

"Ele [Moro] saiu das funções de juiz e agora é um outro personagem", afirmou o deputado federal

Breno Cunha / Rodrigo Aguiar
Luiz Felipe Fernandez/bahia.ba
Luiz Felipe Fernandez/bahia.ba

 

O deputado federal João Roma (PRB) defendeu a permanência do ministro da Justiça, Sérgio Moro, no cargo, independentemente do conteúdo das conversas vazadas com procuradores quando era juiz da Lava Jato.

“Não vi teor de vazamento que comprometa a ação do ministro Sérgio Moro, até porque hoje ele tem que ser observado como ministro da Justiça, e não como juiz”, afirmou o parlamentar, que participa de agenda do prefeito ACM Neto (DEM) nesta terça-feira (25) em Salvador.

“Da mesma forma que dizem que as pessoas precisam descer do palanque, ele saiu das funções de juiz e agora é um outro personagem”, acrescentou Roma.

Segundo o deputado, Moro tem defendido uma agenda importante para o país, sobretudo em relação à segurança pública.

Roma ainda destacou a ida do ministro ao Senado, na última semana, antes de ser aprovada uma convocação para o seu comparecimento.

PUBLICIDADE