Publicado em 09/01/2017 às 17h05.

Estaleiro do Paraguaçu: Rui diz desconhecer ação do MPF-BA

Governador fez questão de ressaltar que a obra no Recôncavo baiano não conta com recursos públicos

Rodrigo Daniel Silva / Rebeca Bastos
Foto: Manu Dias/ GOVBA
Foto: Manu Dias/ GOVBA

 

O governador Rui Costa (PT) afirmou, na tarde desta segunda-feira (9), desconhecer a ação do Ministério Público Federal da Bahia (MPF-BA) contra o governo da Bahia, a União e empresas envolvidas da Lava Jato por autorizarem e instalarem, ilegalmente, o Estaleiro Enseada do Paraguaçu, no Recôncavo baiano.

Em entrevista coletiva, durante a inauguração do Hospital da Bahia, o petista fez questão de ressaltar que a obra não conta com recursos públicos. “Não tenho conhecimento não [da ação]. Até porque, a construção da Enseada não é uma obra pública do Estado. O estaleiro é uma obra absolutamente importante, necessária para o Estado da Bahia, para o desenvolvimento do Recôncavo. Acho que nós precisamos de muito mais gente para apontar solução para o Brasil e para Bahia. Não tenho conhecimento, estou sendo informado agora. Não sei nem do que se trata, mas não é um obra pública. Não tem dinheiro público ali do Estado. Portanto, não sei nem do que se trata, tem que averiguar”, afirmou.

De acordo com o MPF-BA, o Estaleiro Enseada do Paraguaçu foi construído em parte da Reserva Extrativista (Resex) Baía do Iguape, que teve seus limites territoriais alterados “ilegalmente para possibilitar a implantação do polo naval na região”. Segundo o órgão, não foram realizados os estudos técnicos necessários ou a consulta à população local — ambos exigidos pela legislação — para que pudesse haver a redefinição dos limites da reserva.

Disputa – Sobre a eleição para presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o governador voltou a afirmar que tem conversado com os postulantes a fim de “afunilar para uma candidatura que garanta unidade”.

Rui Costa evitou falar sobre as mudanças no secretariado. “Já estou conversando. Anuncio as mudanças até quinta-feira da semana que vem”, prometeu.