Publicado em 18/05/2017 às 07h34.

STF determina afastamento de Aécio Neves e Rocha Loures dos mandatos

Agentes da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) estão nas residências de Aécio no Rio de Janeiro e em Brasília, além do gabinete do tucano

Redação
Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado
Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) dos seus mandatos, de acordo com o jornal Estadão.

Agentes da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) estão nas residências de Aécio no Rio de Janeiro e em Brasília, além do gabinete do tucano no Congresso.

A irmã do senador, Andréa Neves, e Altair Alves, conhecido por ser braço direito do deputado Eduardo Cunha (PMDB), também são alvos da operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (18).

Na noite desta quarta (17), executivos do grupo J&F, proprietário da marca JBS, afirmaram que o senador tucano foi gravado pedindo R$ 2 milhões a um dos donos da empresa, Joesley Batista, para pagar sua defesa na Operação Lava Jato.

Temas: Aécio Neves