Publicado em 14/09/2018 às 15h40.

Suplente de Álvaro Dias, empresário Joel Malucelli se entrega à polícia

Ele era alvo de um mandado de prisão temporária na mesma operação em que foi preso o ex-governador Beto Richa

Redação
joel-malucelli foto reproducao rpc
Foto: Reprodução / RPC

 

Proprietário da construtora J. Malucelli e de empresas de comunicação no Paraná, o empresário Joel Malucelli se apresentou nesta sexta-feira (14) ao Gaeco (grupo de combate ao crime organizado), braço do Ministério Público do estado.

Alvo de um mandado de prisão temporária na mesma operação em que foi preso o ex-governador Beto Richa (PSDB), Malucelli estava de férias na Itália e era considerado foragido, segundo a Folha.

O empresário é suspeito de participar de fraudes a licitações e desvio de dinheiro público em um programa de manutenção e abertura de estradas rurais no Paraná, entre 2012 e 2014.

Em um áudio anexado ao inquérito, Malucelli menciona acertos para a divisão de lotes com outros empresários, feitos “antes da concorrência”.

Outros interlocutores citam percentuais a serem repassados como “quotas de campanha” e “contrapartidas”.

Filiado ao Podemos, Malucelli é primeiro suplente licenciado do senador Álvaro Dias (Podemos), candidato à Presidência da República.

Mais notícias