Publicado em 16/10/2017 às 09h21.

Temer manda Imbassahy procurar Maia para driblar crise, diz coluna

Presidente da Câmara ficou irritado com advogado do peemedebista, que chamou a divulgação dos vídeos de Lúcio Funaro de “vazamento criminoso"

Redação
Foto: Beto Barata/PR
Foto: Beto Barata/PR

 

O presidente Michel Temer (PMDB) mandou, neste domingo (15), o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy (PSDB), procurar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), para tentar minimizar a crise e evitar que a situação impacte na votação da segunda denúncia contra ele.

Segundo o blog da colunista do G1 e da Globo News, Andreia Sadi, o tucano baiano encontrou o democrata no domingo à noite e, na conversa, disse ao presidente da Câmara que pretende baixar a temperatura da tensão entre o Congresso e o Palácio do Planalto.

Imbassahy também quis saber detalhes da reação de Maia ao advogado Eduardo Carnelós. O democrata ficou irritado com o advogado do presidente, que chamou a divulgação dos vídeos do doleiro Lúcio Funaro de “vazamento criminoso”.