Publicado em 28/05/2019 às 10h27.

Vereador propõe 1% do dinheiro arrecadado na Zona Azul Digital para ‘flanelinhas’

Guardadores de veículos reivindicam um percentual do valor arrecadado desde a implantação do aplicativo

Rodrigo Aguiar
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ bahia.ba
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ bahia.ba

 

Líder do governo na Câmara de Salvador, o vereador Paulo Magalhães Jr. (PV) quer destinar 1% do dinheiro arrecadado da Zona Azul Digital para “flanelinhas”. Esta é uma reivindicação dos guardadores de veículos desde a implantação do aplicativo.

“A modernização melhora o serviço à população, dá mais credibilidade ao estacionamento rotativo e oferece conforto e segurança aos motoristas, porém diminui a arrecadação dos chamados ‘flanelinhas’”, diz Magalhães, na justificativa do projeto de lei.

Segundo o vereador, há mais de 800 guardadores de veículos autorizados na capital baiana.

Ainda conforme o autor da proposta, os flanelinhas adquirem suas cartelas por meio do Sindicato dos Guardadores e Lavadores de Veículos Automotores do Estado da Bahia (Sindguarda), que fica com 40% do valor recolhido.

PUBLICIDADE