Publicado em 11/01/2017 às 13h34.

Wagner defende Lula no comando do PT: carrega a simbologia do partido

Coordenador do Codes-BA abriu a possibilidade de ser vice-presidente do Partido dos Trabalhadores no Nordeste

Rodrigo Daniel Silva / João Brandão
jaques-wagner_mateus-soares_bahia-ba
Foto: Mateus Soares/bahia.ba

 

O coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes-BA), Jaques Wagner, voltou a defender, nesta quarta-feira (11), que o ex-presidente Lula comande nacionalmente o Partido dos Trabalhadores.

Para Wagner, Lula “carrega a simbologia” da legenda. Ainda na entrevista, o coordenador do Codes ressaltou que “não pleiteia” um cargo dentro do PT, mas abriu a possibilidade de ser vice-presidente da sigla no Nordeste.

“Vou discutir com Lula para ver como organizar. Vou me dedicar ao PT da Bahia, do Nordeste e do Brasil, mas, prioritariamente, ao PT daqui, porque é onde temos mais contribuições a dar”, ponderou Wagner, durante ato político promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, no Parque de Exposições.

Temas: Bahia , Brasil , comando , Lula , Nordeste , PT , wagner

Mais notícias