Publicado em 14/09/2018 às 07h43.

Baleado em assalto, gerente da Burger King é transferido para Hospital da Bahia

“Eles atiraram para matar, aí, graças a Deus, a arma falhou e acertaram só a perna”, relatou um parente ao bahia.ba

Luís Filipe Veloso
Foto: Reprodução/ Google Street View
Foto: Reprodução/ Google Street View

 

O homem de 40 anos que foi baleado na manhã de quinta-feira (13) durante um assalto à lanchonete Burger King, na Avenida Antônio Carlos Magalhães, foi transferido à noite do Hospital Geral do Estado, para onde foi socorrido por policiais militares, para o Hospital da Bahia.

A informação foi confirmada ao bahia.ba, nesta sexta (14), por um parente de Ednaldo Santos de Souza, que não quis ser identificado. De acordo com ele, o quadro de saúde do funcionário do fast food é estável.

Crime – Segundo fontes do bahia.ba, os criminosos invadiram o local logo após as 8h e anunciaram o assalto.

Eles conseguiram pegar o dinheiro que estava no caixa e em uma área no andar de baixo, mas exigiram que Ednaldo abrisse o cofre geral do estabelecimento, localizado no pavimento superior, cuja chave fica em poder da empresa de segurança.

Descontrolada, a dupla não acreditou quando Ednaldo afirmou não ter acesso ao depósito do dinheiro e disparou contra o gerente.

“Eles atiraram para matar, aí, graças a Deus, a arma falhou e acertaram só a perna”, relatou um parente.

Os assaltantes fugiram do local a bordo de uma moto, levando também celulares de outros funcionários.

A PM foi chamada, prestou socorro à vítima, mas até a manhã desta sexta (14) não encontrou os criminosos. O caso é investigado pela 16ª Delegacia (Pituba) que já ouviu testemunhas.

Mais notícias