Publicado em 07/12/2018 às 12h00.

Cidade é umas das duas capitais com queda no valor de produtos da cesta básica, diz Dieese

De acordo com o estudo, as cidades em que foram identificadas as altas mais expressivas foram Belo Horizonte, São Luís, Campo Grande e São Paulo

Redação
Foto: IDEME/Fotos Públicas
Foto: IDEME/Fotos Públicas

 

 

O preço dos alimentos que compõem a cesta básica apresentaram redução em Salvador e Vitória, capital do Espírito Santo. Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), outras 16 capitais brasileiras apresentaram aumento.

De acordo com o estudo, as cidades em que foram identificadas as altas mais expressivas foram Belo Horizonte (7,81%), São Luís (6,44%), Campo Grande (6,05%) e São Paulo (5,68%). Na contração ficaram Vitória (-2,65%) e Salvador (-0,26%).

A cesta mais cara foi a de São Paulo (R$ 471,37), seguida pela de Porto Alegre (R$ 463,09), Rio de Janeiro (R$ 460,24) e Florianópolis (R$ 454,87). Os menores valores médios foram observados em Salvador (R$ 330,17) e Natal (R$ 332,21). Durante o ano de 2018, todas as capitais acumularam alta, com destaque para Campo Grande (14,89%), Brasília (13,44%) e Fortaleza (12,03%).