Publicado em 12/02/2018 às 22h00.

Espanhola é libertada após dois dias em cárcere privado no Imbuí

A capitã Paula Queiros disse que o marido da vítima é brasileiro e reteve o passaporte da mulher para impedi-la de voltar ao país de origem

Redação

Há dois dias em cárcere privado em um apartamento no conjunto Guilherme Marback, no Imbuí, uma espanhola foi libertada neste domingo (11) pela Operação Ronda Maria da Penha, informou a Secretaria de Segurança Pública.

A capitã Paula Queiros disse que o marido da vítima é brasileiro e reteve o passaporte da mulher para impedi-la de voltar ao país de origem. “Eles têm uma filha de um ano e oito meses. Encaminhamos ela para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) de Brotas, onde foi prestada a queixa”, afirmou a capitã.

Ainda conforme a capitã, a mulher só conseguia se comunicar por e-mail e não fala bem o português.