Publicado em 05/12/2018 às 17h06.

Prefeitura disputa prêmio internacional de inovação urbana

No total, foram realizadas 273 inscrições de 193 cidades e governos locais de 66 países e regiões do planeta; as 15 finalistas foram escolhidas por um comitê técnico na Indonésia

Redação
Foto: Bruno Concha/Secom
Foto: Bruno Concha/Secom

 

A Prefeitura de Salvador está disputando o Prêmio Internacional Guangzhou 2018 de Inovação Urbana, com dois programas geridos pela Secretaria Municipal da Cidade Sustentável e Inovação (Secis). A campeã entre as 15 cidades inovadoras do mundo será definida na sexta-feira (7).

A escolha é feita por votação popular online, por meio do site  da premiação. Até três cidades podem ser escolhidas. O Programa de Recuperação Ambiental do Parque Socioambiental de Canabrava e a Caravana Mata Atlântica abordam temas como a proteção ambiental, remediação, reflorestamento e educação de forma prática e lúdica.

O objetivo é valorizar regiões consideradas sensíveis em relação à biodiversidade e sob risco de desaparecer em decorrência da crescente urbanização da região.

No total, foram realizadas 273 inscrições de 193 cidades e governos locais de 66 países e regiões do planeta. As 15 finalistas foram escolhidas por um comitê técnico na cidade de Surabaia, na Indonésia, em setembro último.

Ao todo, a premiação vai contemplar cinco vencedores e será realizada durante a Conferência de Inovação Urbana, que ocorrerá entre quinta-feira (6) e sábado (8), em Guangzhou, na China.

Participam ainda da competição as cidades Guadalajara (México), Durban (África do Sul), Sydney (Austrália), Santa Ana (Costa Rica), Nova Iorque (EUA), Milão (Itália), Surabaia (Indonésia), Kasan (Rússia), Utrecht (Holanda), Santa Fé, (Argentina), Mezitli (Turquia), Yiwu e Wuhan (China).