Publicado em 23/11/2018 às 13h20.

Rui afirma que fechamento de escolas é ‘boato de zap’; estudantes protestam

Transito está lento por causa das manifestações; ato da APLB acontecerá na segunda (26)

Milena Teixeira / Matheus Morais
Reprodução: Arquivo Pessoal
Reprodução: Arquivo Pessoal

 

O governador Rui Costa  (PT) disse que o anúncio de fechamento das escolas estaduais de Salvador é “boato de zap”. “Eu não autorizei. O que eu pedi foram estudos, que a Educação fizesse os estudos para eu melhorar a qualidade da educação”, afirmou ele durante coletiva,  na manhã desta sexta-feira (23).

Apesar da declaração do petista, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira, disse  que a manifestação dos professores continua marcada para a próxima segunda (26), na porta da Secretaria de Educação do Estado (SEC), no Centro Administrativo, em Salvador.

“Sim, vamos realizar o ato na segunda-feira, inclusive muitas escolas se manifestação hoje em Salvador”, disse ele ao bahia.ba.

Na manhã desta sexta, alunos e professores do Colégio Estadual Tereza Helena Mata Pires, no bairro do Alto do Cabrito,  realizaram um novo protesto [veja vídeo]. Munidos de cartazes e apitos, os estudantes pediram “solução”. De acordo com a Superintendência de Trânsito (Transalvador), o protesto está travando o trânsito na Avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana.

Ainda segundo a Transalvador, outras manifestações também estão deixando o trânsito lento na Lagoa dos Paranhos, no bairro de Brotas, na rua Silveira Martins, no bairro do Cabula e na Fazenda Grande do Retiro.